sábado, 28 de janeiro de 2012

SER PSICÓLOGO!



Não sou tolo para acreditar que minha profissão seja diferente das outras. Imagino que todo ofício tenha suas dificuldades. A função do Analista ou do Psicólogo gera quase sempre um incomodo na pessoa que nutri sentimentos pelo cliente; pois se você confidenciar a alguém que faz terapia, logo ouvirá o seguinte : Meu Psicólogo é Deus, ou seja se não bastasse a recessão do mercado ainda querem empregar Deus; e criar um competição no mínimo desleal. Se a mulher estiver começando um relacionamento o namorado logo dirá pra que psicólogo? os familiares fazem coro e repetem, mas você tem família? e os amigos também ficam enciumados, mas fale comigo seus problemas. Afinal pra que servem os amigos? Então fica parecendo que a maioria fica incomodada e veem o terapeuta como um rival. Não tem como não lembrar de Freud quando dizia
"Se não quiséssemos ser tão bons seriamos melhores" . De modo geral os apressados de hoje em assumir o papel de Psicólogo sem ganhar nada em troca, logo no amanhã lhe farão questão de lembrar que lhe ajudaram; ou seja o que você não pagar hoje será cobrado amanhã com juros e correção monetária, de modo geral do seguinte modo: você se lembra quando............precisou de mim?

dr.marcos bersam

RESULTADO DA ULTIMA ENQUETE

Oi, amigos!

Estou publicando aqui o resultado da última enquete realizada em nosso blog.

À partir de hoje, estarei publicando os resultados para que vocês possam comentar a respeito. Faremos uma enquete por mês e conto com a colaboração de todos: respondendo, dando sugestões e participando.

Nesta ultima enquete a esmagadora maioria entendeu que o homem deve ajudar nos afazeres domésticos. Vejam os resultados:



E N Q U E T E
Você acha que o homem deve ajudar nos afazeres domésticos?
Sim, pois a sociedade se tornou mais moderna e evoluída atualmente. 71,76% (61 votos)
Não, porque a função do homem é prover o sustento da família. 8,24% (7 votos)
Depende do trabalho a ser realizado, pois o homem, as vezes, acaba atrapalhando ao invés de ajudar. 20,00% (17 votos)


Total: 85 votos




Um abraço a todos!
Marcos Bersam

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

QUE PERGUNTA DIFÍCIL!


Quem mandou eu me apresentar como psicólogo no face. Chegou a seguinte pergunta pra mim: "e possível amar sem conhecer pessoalmente a pessoa apenas trocando fotos, ou pelo telefone ou internet" É bem verdade que minha covardia me persuadia a não tentar responder. Minha sabedoria não suportava tal desafio; na contramão da prudência quis arriscar e respondi: "olha se você está a ter fé no futuro, esqueceu o passado; deixou brotar a esperança e os sonhos então não importa se perto, ou distante o pensamento aproxima de forma enigmática o que não pode ser tocado ainda" . Então você deve está amando. Não sei se fui feliz mas a pessoa disse: muito obrigado.

abraços.
marcos bersam

domingo, 22 de janeiro de 2012

MOTIVOS!!!


Vamos dizer o seguinte o que tem em comum o bandido, o estudante, o suicida? Todos apesar de terem objetivos diversos não resta dúvida que todos tem em comum um motivo para fazerem o que fazem. Então praticar o crime, ser aprovado no vestibular ou mesmo tirar a própria vida. Todos acreditam que o esforço vale a pena. Então buscar o significado na vida é fundamental só que devemos lembrar que não só nas coisas boas devemos encontrar motivos. De modo geral os tropeços e percalços de nossas vidas também tem motivos ou como diria alguns causas eu prefiro significados. Então pergunte-se qual o motivo de sua vida? E lembre-se um motivo seu não o que os outros querem que seja seu. Na verdade ninguém pode achar o motivo acredito que reconhecemos os motivos. Ou seja ele está lá no seu íntimo. Não precisa ser criado. Ele já existe.

boa semana a todos.
dr.marcos bersam

visitem o site: www.marcosbersam.com.br

sábado, 21 de janeiro de 2012

TENTANDO ENTENDER O QUE NÃO CONSIGO!



Quando menos espera está a mulher querendo entender o homem
De modo geral entrar nessa questão revela que o relacionamento anda mal das pernas. Afinal o relacionamento não pode parecer uma equação matemática ou um questão de geometria. Na verdade relacionamento bom não se pensa se sente. Então se você esta pensando no lugar de sentir deve ficar atenta. Procurar compreender o outro é a maneira mais rápida de esquecer de si mesmo. Entender quase sempre aprisiona a mulher numa lógica que justifica o erro do outro, de modo geral a mulher fica sempre alimentando a esperança de que um dia ele mudará. Ou talvez ela pense um dia posso ajudá-lo a sair dessa confusão. Então não confunda os papéis você não é amigo de copo ou de sauna do seu amor.

abraços.
dr.marcos bersam

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

PEDAGOGIA DA DOR.


É quase sempre frequente ouvir no consultório pessoas não entendendo o sofrimento atual, na verdade não existe efeito sem causa. Queremos entender o presente com apenas a visão medíocre do agora. E com isso fica ininteligível o hoje. Estamos semeando incessantemente desde sempre. De modo geral nunca admitimos que precisamos passar por tais infortúnios, mas na verdade você tem que significar o sofrimento. Caso contrário ficará refém da mágoa, do ódio e da culpa, vitimizado na masmorra da inércia existencial. Então entenda a diferença entre querer e precisar. Não querer não significa que você não precise. Na verdade o que de modo geral dita o ritmo das felicidades é dos desatinos é você mesmo. Então agradeça até mesmo o sofrimento ele é sempre pedagógico para a alma e muitas vezes necessário.

Dr.marcos bersam

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

AOS BRASILEIROS QUE ESTÃO LONGE.



Quero agradecer a todos os Brasileiros que tem acessado o blog dos EUA e Europa é muito bom saber que vocês sempre acompanham o meu trabalho. E lembro também que vocês podem acessar o site www.marcosbersam.com.br lá ofereço a modalidade de atendimento online principalmente para aqueles que carecem de um profissional de Psicologia estando longe de sua cultura e país.

Obrigado

abraços.
dr.marcos bersam

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

BBB 12 -

BBB 12


Devo estar sem criatividade mesmo nos últimos tempos, mas vamos lá. Um programa que estimula o consumo de álcool, permite os excessos, incentiva relações efêmeras; desagrega valores
familiares, propõe provas degradantes; cultiva o individualismo e o narcisismo doentio. Se vê no direito de eliminar um dos seus participantes não seria mais eficaz eliminar de vez o BBB da programação televisiva?

marcos bersam

sábado, 14 de janeiro de 2012

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

PERGUNTE COM MODERAÇÃO!


Podemos dizer que as perguntas são como o termômetro de nossa neurose.
As perguntas que gravitam em torno da vida alheia quase sempre revelam mediocridade existencial. Então quer perguntar fique a vontade, mas lembre-se para um ouvinte atendo
a pergunta já pode ser a resposta do jeito equivocado de pensar. Pergunte sem perder a classe e a elegância não é sensato perguntar tudo o que você quiser apesar de sua curiosidade teimar em saber. Pergunte sempre com moderação.

dr.marcos bersam

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

ENFIM ACABEI DE LER MAIS UM LIVRO DE VIKTOR FRANKL


olá amigos internautas quem está sem nenhuma leitura nunca é demais recomendar uma autor que sou apaixonado. Estou falando de Viktor Frankl. Você encontra dezenas de livros desse Austríaco que foi preso no campo de concentração nazista na segunda Guerra mundial. Após esse período de convívio com os infortúnios que todos já assistimos em filmes. O mesmo sai de lá e faz de sua tragédia pessoal combustível para criar uma nova abordagem de entender e ajudar os que não encontraram ainda sentido na vida. Em busca de sentido é o livro que muito mais do que um ficção é a possibilidade sempre do homem reinventar até mesmo seu sofrimento e com isso dar um sentido a sua vida.

abraços.
dr.marcos bersam


segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

VAMOS COMEÇAR BEM 2012.



Eu bem que tentei ficar até um pouco mais tarde na cama; mas o celular não tinha sido avisado ou melhor programado que podia tirar o dia de folga. Então sabe como é aquele alarme irritante de celular que teima em te acordar. Que vontade de adiar os compromissos; imaginar que tudo pode esperar; mas bastou eu ligar a tv para ver as enchentes matando; acidentes nas estradas. Pensei começou tudo de novo. Então já que vamos começar de novo que tal começar com Djavan falando do que importa: O AMOR.

Marcos bersam
Psicólogo mais do que nunca.

Djavan FALTANDO UM PEDAÇO *